×

Como e quando surgiu o termo motel?

Como e quando surgiu o termo motel?

No Brasil, a associação é imediata. Falar em motel é quase que necessariamente, falar de sexo. Mas na realidade, a história mostra que o surgimento dos motéis tem uma origem bem diferente dessa conotação.

O primeiro motel do mundo apareceu em San Luis Obispo, na Califórnia com o objetivo de oferecer aos motoristas uma opção prática e barata de descanso. Como os Estados Unidos são conectados por estradas de boa qualidade, era muito comum pessoas fazerem longas viagens de carro, que poderiam durar dias e dias.

Pensando nesse público e com o intuito de disponibilizar um lugar simples, adequado para uma boa noite de sono, em 1925 Arthur Heineman criou o primeiro motel do qual se tem registro. E assim permanece até hoje por lá no ramo da motelaria; esse tipo de acomodação continua sendo muito característica de beira de estrada e usada por quem se desloca pelas famosas road trips americanas, com modelos de cobrança por períodos (horas).

Inclusive, o termo “Motel” é uma junção das palavras “motor” e “hotel”. Conhecendo a história, agora tudo faz mais sentido, não é mesmo?

Falta agora entender, o porquê de em nosso país essa modalidade de hospedaria ter ficado tão atrelada à ideia de local para se manter relações sexuais. Não existe uma teoria muito concreta sobre isso, há algumas especulações que ajudam a explicar.

Importamos a ideia dos Estados Unidos e por aqui, os primeiros motéis também foram construídos às margens de rodovias. A localização fora da cidade passou a ser vista pelos usuários como uma forma de poder curtir momentos íntimos com outra pessoa, de maneira discreta. Por isso, uma das hipóteses mais coerentes para justificar todo esse erotismo que hoje recai sobre a imagem dos motéis pode ter origem no anseio por privacidade. Se levarmos em consideração o contexto social de algumas décadas atrás, quando sexo ainda era um tabu enorme para a sociedade e a igreja exercia forte influência no comportamento humano, não é absurdo pensar que os motéis começaram a ser usados por pessoas que pretendiam transar sem serem descobertos.

Essa associação entre “motel” e “sexo” perdura até hoje e talvez nunca mais deixe de existir no Brasil, embora seja possível observar o movimento inverso acontecendo, também. Atualmente, é possível encontrar motéis que oferecem serviços de hospedagem por diárias, assim como ocorre no segmento hoteleiro regular.

O Le Ville vem se consolidando como um dos estabelecimentos referência em Minas Gerais nesse propósito de estadias flexíveis, disponibilizando aos usuários tanto a opção de permanência curta (característica de motéis), quanto a estadia voltada para quem viaja e busca alternativas com bom custo benefício.

AUTOR

Deixe uma resposta

O seu e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *. Campos obrigatórios *

*

/*